O segredo do constante crescimento do Futebol e Esporte na CHINA

Photo by Quinn Rooney/Getty Images
Photo by Quinn Rooney/Getty Images

Se você está pensando que o crescimento do futebol na China, se deve somente a compra de clubes importantes na Europa, está enganado! A pesquisa realizada pela Nielsen Sports, apresenta o quanto está crescendo diversos esportes na China, com destaque para o Futebol. Com todo esse crescimento vem o número de investidores que estão investindo pesado em grandes ligas na Europa, afinal o público existe e o que eles fazem é conectar com o mercado ideal do futebol.

O mundo está olhando para a China, e a China, está olhando para mundo.

A pesquisa da Nielsen analisa a forma como o país está fazendo sua marca baseado no esporte. O Futebol é responsável por três dos cinco maiores eventos esportivos mais populares na China, com a Copa do Mundo e National Basketball Association – NBA encabeçando a lista.  Em termos de esportes no geral, o interesse no futebol  cresceu constantemente ao longo dos últimos 3 anos, e agora representa 31% da população urbana com idade entre 16-59.

nielsen-china-interesse-esporte

O basquete é o esporte mais popular do país, a China Basketball Association, a liga de basquete de alto nível na China, foi fundada em 1995, enquanto a NBA tem desempenhado jogos no país por mais de uma década – à frente de favoritos tradicionais como o tênis de mesa e badminton. Em termos de clubes de futebol europeus individuais, Real Madrid atualmente é a equipe mais popular na China.  Agora os clubes italianos como Inter de Milan e Milan também estão entre os três primeiros, por conta das transmissões da Serie A, que foi transmitido na China.

china-popular-team-nielsen

Mercado Chinês do Futebol

O desenvolvimento do esporte profissional na China – e sua crescente influência sobre futebol mundial – está sendo conduzido pelo governo do país através de um consistente plano estratégico e planos de investimento, para o futebol e outros esportes. Empresas chinesas e executivo são encorajados a investir em eventos, equipes, instalações, agências e patrocínios, dentro e fora do país.

Objetivos Estratégicos

Em outubro de 2014, o governo da China, através da Administração Geral do Esporte, definiu que seu plano era de construir uma industria esportiva de 5 trilhões (US$ 813 indústria de bilhões) até 2025, uma estratégia que envolve tudo que possa promover o esporte, para encorajar o investimento estrangeiro através da abertura de processos administrativos de aprovação que anteriormente eram complicadas.

Neste contexto que um grande número de empresas chinesas, incluindo a Wanda Group, Grupo Alibaba e a Kaisa Group, criou um fundo multibilionário para ajudar com a construção de novas instalações esportivas no país. O futebol está incluso na grade escolar nas escolas da China, com grandes clubes investindo no desenvolvimento da base e suas instalações. Em abril de 2016, a Associação Chinesa de Futebol revelou seu plano para o país se tornar uma “superpotência futebol mundial”, em 2050, com o objetivo de construir níveis de participações e aumentar rapidamente o número de centros de formação em toda a China – especificamente um campo de futebol para cada 10.000 pessoas até 2030.

investidores-chineses-futebol-europeu

Os gastos por clubes chineses em jogadores internacionais durante os últimos três anos, tem sido atraente, com o fluxo de talento estrangeiro ajudando a impulsionar a consciência global da Super Liga Chinesa e torná-lo mais atraente para emissoras internacionais – nesta temporada. Pela primeira vez, Sky Sports comprometeu-se nas transmissões ao vivo de partidas CSL, com jogos aos fins de semana no Reino Unido.

De acordo com o Sistema de Transferência da FIFA, no futebol chinês o número de transferência internacional aumentou 60,5% ano a ano, entre 2014 e 2015. Jogadores Brasileiros dominam essa revolução do futebol Chinês, com Hulk que esta no Shanghai SIPG, comprado por $61 milhões, quebrou o recorde de transferências no país – que era de $ 51 milhões, pagos pela Juangsu Suning para Shakhtar Donestsk pelo jogador Alex Teixeira um ano antes.

nilsen-china-fifa-transfer

Os clubes CSL demonstraram a sua capacidade de não só gastar em taxas de transferência, mas também uma vontade de pagar por jogadores com salários substanciais que só tem servido para aumentar a chances de melhorar o futebol e desenvolvimento de novos talentos no país.

A China com o melhor que tem do Futebol Mundial

Investimento de empresas e pessoas físicas no esporte fora da China, por meio de aquisições em equipes, agências, eventos e patrocínios, só aumenta, principalmente no futebol, como o esporte líder global, mostrando qual o caminho a seguir. A influência do país sobre o esporte internacional está crescendo e muito.

Nos últimos dois anos, tem acontecido uma onda de grandes investimentos por empresas chinesesas e grandes executivos, em clubes de futebol europeus. Podemos citar dois grande exemplos como AC Milan e Inter de Milan, estão agora sob controle chinês, enquanto outras grandes equipes, como Atlético Madrid e Manchester City, foram adquiridas parte das ações por investidores chineses. Existem clubes na Inglaterra, França, Itália e Espanha que estão agora sob controle chinês – além do investimento chinês em equipes da Bundesliga. Veja abaixo o mapa de investidores.

investidores-chineses-futebol-europeu2

A influência das Agências de Marketing e Mídia na estratégia

Enquanto os investimentos de clubes e jogadores tendem a gerar mais manchetes, a China também está estabelecendo uma crescente influência no futebol mundial através da aquisição de várias grandes agências de marketing esportivo futebol.

Em fevereiro de 2015, Dalian Wanda Group anunciou a aquisição da Infront Sport & Media por US $ 1,2 bilhão. Pouco mais de um ano depois, em maio de 2016, outra grande agência de direitos desportivos recebeu investimento significativo da China. MP & Silva, especialistas em vendas de direitos desportivos de mídia, anunciou a criação de uma estratégica em parceria com o chinêses, empresa de serviços financeiros Everbright e internet empresa de entretenimento Baofeng, através de um investimento de Shanghai Jin Xin. Boafeng e Everbright possui agora 65% do MP & Silva.

Fonte: Nielsen – China and Football – 2016


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *