Marketing no futebol brasileiro está subaproveitado

football-manager-sportt

A Sports Value publicou recentemente seu estudo sobre as finanças dos clubes brasileiros em 2017.Embora os clubes brasileiros tenham atingindo o maior faturamento da sua história, temos muito que evoluir, especialmente no quesito marketing no futebol.

Infelizmente no Brasil se associa o marketing no futebol a patrocínios, especialmente a exposição de marcas em uniformes, placas e backdrops.

Um grande erro, que limita profundamente o desenvolvimento do nosso mercado.

Os patrocínios são uma ferramenta importante para alavancar os negócios de times, ligas, atletas e competições. Mas muito mais importante que lotar uniformes com as marcas é criar, por meio do esporte, uma plataforma de desenvolvimento conjunto de negócios para os patrocinadores e seus patrocinados.

Enquanto na Europa e EUA se movimentam bilhões em marketing esportivo, no Brasil infelizmente os valores são irrisórios, especialmente pelo entendimento do mercado de como criar essa visão.

A Sports Value nasce exatamente com o intuito de desenvolver comercialmente e mercadologicamente o mercado brasileiro, com conceitos sólidos e ainda novos no mercado.

Se os clubes europeus faturam 10 vezes mais com marketing que os nossos clubes, não é por falta de mercado e PIB, e sim pelo modelo antiquado e desgastado das atuais estratégias de marketing de nossos clubes de futebol.

O Brasil é a maior potência de mídia e entretenimento entre os países emergentes, inclusive nosso mercado fatura mais que muitos países da Europa.

Se queremos evoluir teremos que mudar o marketing do futebol brasileiro.


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *